BH em Debate
Você está em : Inicial >Artigo > Detalhes

Artigos

A qualificação da gestão participativa do transporte e trânsito em belo horizonte a partir do acesso

As experiências das gestões públicas comprometidas com o avanço da democratização da sociedade brasileira têm demonstrado a possibilidade de se efetivarem novas relações entre Estado e sociedade, qualificando a democracia representativa, estabelecendo formas de envolvimento direto da população na formulação e na definição das políticas públicas. Este artigo faz a retrospectiva histórica das inter-relações entre o público e o privado na sociedade contemporânea destacando uma das facetas dos programas de orçamento participativo que são as comissões populares deliberativas, especificamente as Comissões de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte. Em seguida foca a participação de comissões regionais de transporte e trânsito na implantação de telecentros em duas estações de ônibus de Belo Horizonte (Barreiro e Venda Nova) com o objetivo de fortalecer a participação popular na gestão pública e identificar os reflexos da condição de infoexclusão da gestão do transporte e trânsito. Na oportunidade foi traçado o perfil informacional dos membros das duas comissões quanto à necessidade de informação para ampliar a participação. A iniciativa terá repercussão inclusive no que tange à mobilidade urbana, entendida como uma função pública destinada a garantir a acessibilidade para todas as pessoas aos serviços, bens e oportunidades no âmbito das cidades

Clique aqui para baixar o artigo completo.

 


Desenvolvido por JeffBastos