BH em Debate
Você está em : Inicial > BH em Debate > Transporte e Mobilidade

Transporte e Mobilidade

Para impulsionar a mobilidade ativa nas cidades brasileiras



As cidades têm o poder de desenvolver projetos que transformem as ruas e calçadas em espaços seguros e atrativos para os pedestres. Em abril deste ano, o WRI Brasil lançou novas ferramentas para orientar os municípios nesse caminho. Duas novas publicações e um compilado de ações em escala municipal e federal reúnem conceitos normas técnicas, orientações e boas práticas para qualificar a mobilidade ativa no Brasil.

8 Princípios da Calçada

As calçadas são o espaço de excelência no que tange à circulação de pedestres e, portanto, uma infraestrutura fundamental para o sucesso da mobilidade ativa em uma cidade. O guia 8 Princípios da Calçada - Construindo cidades mais ativas aborda a temática de forma abrangente, elencando princípios que partem da integração entre regulamentação, planejamento e execução. O documento foi desenvolvido com o objetivo de reforçar a função das calçadas como espaço de convivência entre as pessoas e apresenta subsídios para ações capazes de transformar a realidade a partir do compartilhamento de responsabilidades.

Acessos Seguros

Se caminhar até uma estação de transporte coletivo não for seguro, sem redes de calçadas de qualidade, infraestrutura segura para pedalar, travessias de pedestres sinalizadas ou tempo suficiente nos semáforos, facilmente as pessoas acabam optando pelo transporte motorizado individual. O guia Acessos Seguros – Diretrizes para qualificação do acesso às estações de transporte coletivo apresenta cinco princípios, 16 diretrizes e 38 ações para o desenvolvimento de projetos de qualificação urbana. Intervenções nos acessos às estações impactam uma área mais ampla do que seu entorno imediato e, quando bem planejados, resultam na melhoria dos deslocamentos de toda a região. 

20 ações para impulsionar o transporte ativo no Brasil

O material apresenta 20 ações – 16 em nível municipal e quatro em nível federal – para estimular a mobilidade ativa no país. São propostas direcionadas ao setor público e acompanhadas de orientações sobre instrumentos de financiamento para viabilizá-las. Cada ação foi avaliada em três categorias: abrangência, custo e tempo de execução. As diretrizes elencadas refletem a integração de tendências mundiais com o trabalho que o governo federal as administrações municipais já vêm desenvolvendo para priorizar o transporte ativo. 

Postado por Jorge Espeschit em 08/08/2017

Pontuação

Média: 0.0
Avalie
12345


0 Comentário para "Para impulsionar a mobilidade ativa nas cidades brasileiras"
Seja o primeiro!

Faça seu Comentário

*Todos os campos são obrigatorios













Desenvolvido por JeffBastos