BH em Debate
Você está em : Inicial > BH em Debate > Gestão democrática e poder local

Gestão democrática e poder local

Regional Nordeste inaugura novo ciclo de participação popular



Belo Horizonte consolidou, nas duas últimas décadas, uma ampla tradição democrática de participação dos cidadãos nas decisões sobre os rumos da cidade. Além do Orçamento Participativo outras atividades vinculadas ao funcionamento de seus conselhos, colegiados e conferências conferiram ao município reconhecimento nacional e internacional por haver se tornado um espaço em permanente transformação e melhoria.

Em fevereiro de 2011, a Prefeitura decidiu avançar ainda mais e criar a Secretaria Municipal Adjunta de Gestão Compartilhada, um órgão dedicado a planejar a Belo Horizonte do futuro utilizando como base muito mais do que apenas o parecer técnico de gestores, as sugestões e idéias dos próprios belo-horizontinos, apresentadas e discutidas em fóruns abertos onde cada cidadão é convidado a interferir de forma direta no planejamento estratégico da cidade.

Na Regional Nordeste, o primeiro passo rumo a este novo modelo de participação popular foi dado na última terça-feira, dia 13, na Escola Municipal Governador Carlos Lacerda. Mais de 250 moradores da região se reuniram para acompanhar a apresentação do Planejamento Participativo Regionalizado (PPR), feita pela secretária municipal adjunta de Gestão Compartilhada, Maria Madalena Franco, e pelo secretário de administração regional municipal Nordeste, Jorge Espeschit.

Sob um formato interativo, que priorizou já em sua apresentação a participação ativa dos moradores, o PPR teve suas principais diretrizes divulgadas pelos gestores da Prefeitura em momentos intercalados com a opinião dos cidadãos que iam sendo convidados a expressarem suas opiniões acerca do projeto. Segundo a aposentada Teresinha de Jesus Alves, moradora do Bairro União, por exemplo, a iniciativa de dividir a Regional Nordeste em cinco territórios mostra que a Prefeitura quer agir de forma mais direta não apenas nas micro-regiões, mas sim na qualidade de vida dos habitantes da cidade.

Até o primeiro trimestre de 2012, Regional Nordeste e população participarão juntas das próximas etapas do PPR em fóruns específicos de cada uma das cinco sub-regiões da Nordeste, onde serão apresentadas as soluções propostas pelos moradores para que se melhore cada dia mais a qualidade de vida das mais de 300 mil pessoas que vivem, estudam ou trabalham na região.

Postado por Jorge Espeschit em 14/09/2011

Pontuação

Média: 0.0
Avalie
12345


0 Comentário para "Regional Nordeste inaugura novo ciclo de participação popular"
Seja o primeiro!

Faça seu Comentário

*Todos os campos são obrigatorios













Desenvolvido por JeffBastos