BH em Debate
Você está em : Inicial > BH em Debate > Gestão democrática e poder local

Gestão democrática e poder local

Movimento Nossa BH apresenta Sistema de Indicadores da Cidade



Ferramenta disponibiliza indicadores técnicos de interesse da sociedade sobre a cidade em um só canal e uma plataforma para o processo eleitoral municipal.

 

 

Nesta terça-feira, Belo Horizonte ganhou um novo canal de informações sobre a cidade: é o Sistema de Indicadores de BH, que reúne, em meio virtual, 62 indicadores técnicos regionalizados e agrupados em temas como Educação, Saúde, Violência, Mobilidade Urbana, Juventude, Emprego e Renda, Saneamento, etc. O sistema tem o objetivo de fornecer subsídios para projetos que busquem a melhoria da qualidade de vida na cidade. Através do sistema, disponível na Internet, qualquer cidadão pode conhecer como estão distribuídos os programas públicos e que resultados se expressam nas diferentes regiões e bairros da cidade.

O evento ocorreu na Câmara Municipal de Belo Horizonte e contou com a presença de Oded Grajew, Coordenador Geral da Rede Nossa São Paulo e Presidente Emérito do Instituto Ethos de Responsabilidade Social. Grajew realizou o lançamento do Programa Cidades Sustentáveis na capital mineira. Vários dirigentes e militantes do Partido Popular Socialista - PPS de BH, participaram do encontro.

O Sistema de Indicadores do Nossa BH foi desenvolvido com base nos sistemas já existentes em outras cidades do país, como a própria Rede Nossa São Paulo e em debates realizados pelos Grupos de Trabalho do Movimento Nossa BH. Foi  organizado utilizando informações e dados disponibilizados pelas secretarias municipais, estaduais e pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com Elvis Bonassa, diretor da Kairós Desenvolvimento Social, Organização que desenvolveu o sistema, “o uso de indicadores sobre a situação real da população leva a discussão sobre as políticas públicas para um novo patamar: trata-se de buscar resultados concretos em termos de melhoria de vida e garantia de direitos, não apenas de apresentar construções e investimentos realizados. O foco passa para os resultados concretos e seu monitoramento ao longo do tempo, por meio de indicadores.”.

Para Glaucia Barros, integrante do Movimento, a apresentação do Sistema em conjunto com o Programa Cidades Sustentáveis “é mais um passo na direção de ampliar e qualificar a participação de setores organizados da sociedade na gestão pública. Fundamentar nossas propostas e críticas ao orçamento público, por exemplo, em um diagnóstico objetivo da realidade, legitima nossa co-responsabilidade pelo presente e futuro de nossa cidade. ”

O sistema é um diagnóstico das políticas públicas da cidade, a partir do interesse da sociedade. Por meio dele, será possível, entre outras coisas, identificar as desigualdades existentes entre as regiões da cidade, bem como serviços e equipamentos públicos que merecem especial atenção dos governos e da sociedade para elevar a qualidade de vida da população.

O monitoramento permanente da evolução destes indicadores permitirá também que as empresas, universidades e organizações sociais, planejem suas ações e avaliem os resultados dos projetos que realizam na cidade.

 

Sistema de Indicadores de BH

 

Importante instrumento dos movimentos que integram a Rede Social Brasileira por Cidades Justas e Sustentáveis, o sistema de indicadores é um programa que reúne, em um só local, indicadores técnicos da cidade, ou seja, índices, números que referenciam a uma situação social importante para o município, e que facilita o conhecimento da cidade por parte dos seus moradores, dos órgãos públicos, da imprensa e da sociedade em geral. Através do Sistema, poder público, empresas, organizações da sociedade e universidades terão novos elementos para o planejamento de suas ações e para a avaliação do resultado do trabalho realizado.

 

Conheça alguns dos sistemas já existentes nas cidades do Brasil

Nossa São Paulo 

 

 

 

Nossa Betim  

 

Nossa São Luís 

 

Nossa Salvador

Observatório do Recife

Rio Como Vamos

Nossa Teresópolis

 

Programa Cidades Sustentáveis

 

Uma grande rede de organizações da sociedade civil está aproveitando as eleições municipais de 2012 para colocar a sustentabilidade na agenda da sociedade, dos partidos políticos e dos candidatos. Neste sentido foi lançado o Programa Cidades Sustentáveis, que oferece aos candidatos uma agenda completa de sustentabilidade urbana, um conjunto de indicadores associados a esta agenda, enriquecida por casos exemplares nacionais e internacionais como referências a serem perseguidas pelos gestores públicos municipais. O programa é complementado por uma campanha que tenta sensibilizar os eleitores a escolher a sustentabilidade como critério de voto e os candidatos a adotar a agenda da sustentabilidade.

O Programa Cidades Sustentáveis tem o objetivo de sensibilizar, mobilizar e oferecer ferramentas para que as cidades brasileiras se desenvolvam de forma econômica, social e ambientalmente sustentável. São grandes os desafios e, para sermos exitosos em ações que contribuam com a sustentabilidade, será necessário o envolvimento de cidadãos, organizações sociais, empresas e governos.

Realizado pela Rede Nossa São Paulo, Rede Social Brasileira por Cidades Justas e Sustentáveis e Instituto Ethos, com apoio da Fundação Avina e Instituto Arapyaú, o programa está disponível no endereço:www.cidadessustentaveis.org.br

 

Nossa BH

 

O Movimento Nossa BH é uma iniciativa de diversos cidadãos, entidades e empresas privadas de Belo Horizonte que, articulados às redes latino-americana e  brasileira por cidades justas, democráticas e sustentáveis, tem por objetivo principal comprometer a sociedade e os sucessivos governos com uma agenda e um conjunto de metas que visem à melhoria da qualidade de vida no município hoje e no futuro.

Apartidário, o MNBH baseia-se na democracia participativa, na pluralidade de ideias, em busca de uma cidade mais justa e sustentável para todos. Atualmente o Movimento conta com o apoio financeiro, técnico e humano voluntário de pessoas e organizações sociais..

Para fazer parte, entre em contato pelo email comunica@nossabh.org.br

 

 

 

Direção do PPS assume compromisso com o Programa Cidades Sustentáveis

 

 

Principais lideranças e pré-candidatos de várias regiões do país assinaram carta de adesão ao programa, que está sendo apresentado a todos os partidos

O Partido Popular Socialista – PPS definiu que todos os candidatos a prefeito e vereador que a legenda irá lançar nas eleições municipais do próximo ano estarão comprometidos com o Programa Cidades Sustentáveis. O compromisso foi assumido pela direção nacional do PPS durante o congresso do partido, realizado no último final de semana.

Na abertura do congresso, o presidente nacional do PPS, deputado federal Roberto Freire, e 13 pré-candidatos do partido em capitais estaduais assinaram a carta de adesão ao programa. O evento contou com a participação do coordenador geral da Rede Nossa São Paulo, Oded Grajew, e do ex-presidente do Instituto Ethos, Ricardo Young.

As duas organizações e a Rede Social Brasileira por Cidades Justas e Sustentáveis são as responsáveis pela elaboração e apresentação programa, que está disponível para todos os partidos.

O Cidades Sustentáveis é um conjunto de ferramentas destinadas a promover o desenvolvimento dos municípios brasileiros de forma econômica, social e ambientalmente sustentável.

Para que isso ocorra, o programa contém propostas e indicadores para 12 áreas da gestão pública, que passam pelo fortalecimento dos instrumentos da democracia participativa, redução do consumo de energia não renovável e educação ética, baseada em valores.

 

Postado por Jorge Espeschit em 09/03/2012

Pontuação

Média: 0.0
Avalie
12345


0 Comentário para "Movimento Nossa BH apresenta Sistema de Indicadores da Cidade"
Seja o primeiro!

Faça seu Comentário

*Todos os campos são obrigatorios













Desenvolvido por JeffBastos