BH em Debate
Você está em : Inicial > BH em Debate > Segurança Alimentar

Segurança Alimentar

Restaurantes de todo o país já podem aderir ao “Gastronomia Responsável”



Qualquer restaurante do país pode aderir ao movimento Gastronomia Responsável, criado pela Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza. A iniciativa que começou em Curitiba (PR) agora será expandida nacionalmente. O lançamento oficial dessa ampliação aconteceu durante o Encontro Regional da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) em Porto de Galinhas (PE).

O objetivo do Gastronomia Responsável é aliar conservação da natureza à gastronomia, indicando que ambas podem estar em equilíbrio. O movimento reúne chefs que oferecem em seus restaurantes pratos que levam em conta o cuidado com o meio ambiente em sua execução, seguindo quatro princípios: uso de ingredientes orgânicos, não-utilização de espécies ameaçadas de extinção, uso de produtos de fornecedores locais para evitar emissão de gás carbônico no transporte, e utilização integral de alimentos para evitar o desperdício.

“Ao envolver chefs de cozinha, o movimento traduz uma atitude responsável do restaurante com relação à natureza. É, portanto, uma forma nova de inserir a temática ambiental na gastronomia, influenciando outros a seguirem o exemplo dos participantes”, explica a diretora executiva da Fundação Grupo Boticário, Malu Nunes.

Iniciado na cidade de Curitiba em 2010, o movimento conta com a participação de 33 restaurantes da capital paranaense e tem o chef Celso Freire como curador. “Agora queremos ampliar cada vez mais o movimento, com restaurantes de todo o país colocando em prática os princípios do Gastronomia Responsável”, afirma Nunes.

A chef do Quintana Café e Restaurante e embaixadora do movimento, Gabriela Carvalho, participou do lançamento da expansão do Gastronomia Responsável durante ministrou a palestra “Controles para uma cozinha responsável”, durante o Encontro da Abrasel em Porto de Galinhas. “Estou muito feliz de poder disseminar esta iniciativa. Nosso país é muito rico, com uma diversidade incrível e a alimentação responsável pode e deve contribuir para conservar esse patrimônio natural”, afirma Gabriela.

Para o restaurante aderir ao Gastronomia Responsável, o primeiro passo é enviar um e-mail para contato@fundacaogrupoboticario.org.br, com o título “Gastronomia Responsável”. A partir daí, o chef criará ou adaptará um prato seguindo os quatro princípios do movimento, e enviará a receita para análise da Fundação Grupo Boticário. Em seguida, o responsável pelo restaurante assinará um termo com a Fundação Grupo Boticário em que se compromete a seguir os princípios.

 

Santa Catarina

Três restaurantes de Santa Catarina aderiram ao movimento Gastronomia Responsável. São eles o Villa do Porto, em Florianópolis, e as pizzarias da rede Baggio Pizzeria & Focacceria, em Joinville e Blumenau, saíram na frente e são os primeiros a integrar o movimento fora do Paraná.

Para José Antônio Baggio, sócio-proprietário da Baggio Pizzeria & Focacceria (Joinville e Blumenau), o Gastronomia Responsável é uma proposta muito interessante que veio casar com as propostas da empresa. “Nós já trabalhávamos com os alimentos orgânicos e reciclagem do lixo, e o convite em participar deste movimento veio coroar os nossos esforços”, afirma.

Ele destaca que a conservação da natureza é uma necessidade no momento em que vivemos. “Percebemos cada vez mais a importância da conservação e queremos ajudar nesse processo, tanto que já estamos participando com todas as unidades, inclusive de Santa Catarina. Estamos abrindo dois novos restaurantes que também irão participar do Gastronomia Responsável. Esta é uma parceria que vai dar certo!”, destaca.

De acordo com Thiago Fortun, proprietário do Villa do Porto (Florianópolis), é muito importante contribuir para conservação do meio ambiente e de alguma forma ajudar nesta causa que a Fundação Grupo Boticário trabalha com afinco. “É um processo de conscientização e por isso colocamos adesivos informativos e treinamos nossos garçons para falar sobre o movimento e explicar como ele funciona”, explica.

 

Na web

As pessoas podem aderir ao Gastronomia Responsável consumindo os pratos nos restaurantes participantes. Também podem utilizar os princípios do movimento na elaboração de receitas próprias e compartilhar suas criações no site www.gastronomiaresponsavel.com.br. O objetivo dessa ação na internet é estimular a utilização dos princípios de conservação na alimentação das pessoas e permitir a troca de ideias que podem ser executadas em casa.

 

Para saber mais, acesse www.gastronomiaresponsavel.com.br 

Postado por Jorge Espeschit em 05/04/2012

Pontuação

Média: 5.0
Avalie
12345


1 Comentários para "Restaurantes de todo o país já podem aderir ao “Gastronomia Responsável”"

  1. Antonioni Melo 05/04/2012

    Sem querer parecer chato, mas um quinto item, que na verdade deveria ser o primeiro, deveria estimular o consumo de refeicoes sem carne, o maior problema de meio ambiente. O consumo desmedido de carne esta sendo responsavel pela super producao de soja para alimentar os animais e pela destruicao das florestas para se tornarem pasto. Uma iniciativa destas e muito importante mas tem muito mais de marketing do que de real interesse. Novamente desculpe-me. Nao quero parecer radical.

Faça seu Comentário

*Todos os campos são obrigatorios













Desenvolvido por JeffBastos