BH em Debate
Você está em : Inicial > BH em Debate > Sustentabilidade

Sustentabilidade

Belo Horizonte recebe 'Rio+20 das cidades'



Capital mundial da sustentabilidade. A partir desta quinta-feira, dia 14, até o domingo, dia 17, Belo Horizonte sedia o maior debate de governos locais sobre práticas e políticas voltadas ao desenvolvimento sustentável. São mais de 1.200 representantes de 64 países que estarão na cidade discutindo soluções, propostas e ideias que realmente viabilizem a transformação do planeta em um lugar melhor para se viver e apresentando experiências bem sucedidas. 

A solenidade de abertura será às 19h no Sesc Palladium, quando o Congresso Mundial do ICLEI receberá o “Selo Evento Sustentável” do Governo do Estado, o primeiro a ser certificado. A programação começa às 9h, com atividades na sede da Prefeitura de Belo Horizonte e no Othon Palace Hotel. O evento terá a presença, entre outros, da ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, do prefeito Marcio Lacerda e de especialistas em sustentabilidade. Confira abaixo a programação completa para esta quinta-feira:

Conferência Natureza Urbana – Serviços de Ecossistema, segurança alimentar, natureza urbana e biodiversidade - como fazer acontecer? Local: Prefeitura, salas multiuso 1 e 2, das 9h às 17h

Encontro da Iniciativa Metropolis para Mudanças Climáticas – Local: Hotel Othon, salão Congonhas, das 10h às 16h

Workshop sobre Compras Institucionais Sustentáveis – Local: Hotel Othon, Salão Ouro Preto, das 14h às 16h30

Abertura do 3.º Simpósio Internacional de Pesquisa sobre Temas Urbanos – Local: Universidade Federal de Minas Gerais, das 15h às 17h30

Treinamento Introdutório à ferramenta ICLEI para gestão das emissões de gases de efeito estufa HEAT+ - Local: Prefeitura, sala multiuso 3, das 14h às 17h

Encontro Inaugural do Future City Leaders – Local: Prefeitura, salão nobre, das 15h às 16h

Sessão para Membros do ICLEI e Future City Leaders – Local: Prefeitura, salão nobre, das 16h às 18h

Cerimônia de abertura – Local: Sesc Palladium, das 19h às 21h30


1. Congresso

- Monika Zimmermann, diretora do Centro de Capacitação Iclei - Secretariado Mundial, Bonn, Alemanha – “Destaques do Congresso”
- Rodrigo Perpétuo, Secretário Municipal Adjunto de Relações Internacionais da Prefeitura de Belo Horizonte – “Nós sediamos o maior Congresso Mundial da história do Iclei”
- Kobie Brand, diretora Regional do Iclei – Secretariado para África e diretora do Centro Global de Biodiversidade para Cidades , Cidade do Cabo, África do Sul – “Do Natureza Urbana para o Congresso Mundial”
- Eero Vainio, vice-presidente do Partido Social Democrata da Finlândia e vereador do município de Lahti, na Finlândia – “Iniciativa Iclei Future City Leaders"
- Mark Roseland, diretor do Centro para o Desenvolvimento Comunitário Sustentável, Simon Fraser University, Burnaby, Canadá – “Simpósio de Pesquisa Urbana: Fazendo a ponte entre investigação e prática”

 2. Recado de parceiros

- Braulio Ferreira de Souza Dias, secretário executivo da Convenção sobre Diversidade Biológica, Montreal, Canadá – “A importância dos governos locais na implementação da proteção à biodiversidade”
- Julia Marton-Lefèvre, diretora-geral, IUCN, Gland, Suiça – “IUCN e Iclei trabalhando em parceria”
- Alain Le Saux, secretário geral, Metropolis, Barcelona, Espanha

3. Boas-Vindas pelos anfitriões

- Marcio Araujo de Lacerda, prefeito de Belo Horizonte, Brasil
- Gilberto Kassab, prefeito de São Paulo, Brasil
- David Cadman, presidente do Iclei - Governos Locais pela Sustentabilidade
- Pedro Jacobi, presidente do Iclei Brasil, São Paulo, Brasil
- Silvio Barros, coordenador para Assuntos da Rio+20, Frente Nacional de Prefeitos (FNP), e prefeito de Maringá, Brasil
- Antonio Anastasia, governador do estado de Minas Gerais, Brasil

Palestra 
Izabella Teixeira, Ministra do Meio Ambiente, Brasil - O governo brasileiro, os governos locais e a Rio +20

                   Especialistas de diversas partes do mundo participam de plenárias no ICLEI

Será aberto nesta quinta-feira, dia 14, o ciclo de plenárias do Congresso Mundial do Iclei. As reuniões terão temas como “Cidades para as Pessoas”, “Economia Urbana Verde e Inclusiva”, “Inovação: A Cidade Produtiva” e “Liderança Local em Governança Global de Desenvolvimento Sustentável”, assunto que será discutido em uma sessão aberta para os prefeitos que estarão participando do Congresso. Confira alguns palestrantes e as plenárias das quais irão participar.

Brice Lalonde - Plenária de abertura: Do Rio ao Rio - Local: Pavilhão do Parque, quinta-feira, dia 14, das 9h às 11h (Parque Municipal – avenida Afonso Pena, 1.377, Centro)
Brice Lalonde foi indicado no início do ano pelo Secretário Geral das Nações Unidas como coordenador executivo da Conferência da Rio+20. Atuou como embaixador francês nas negociações sobre mudanças climáticas na França, foi ministro francês de Meio Ambiente, presidente da mesa redonda para o desenvolvimento sustentável na Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OECD) e conselheiro sênior sobre o meio ambiente para o governo francês. Além disso, ocupou o cargo de diretor do escritório em Paris do Instituto por uma Política Ambiental Europeia. Lalonde graduou-se em Direito na Universidade de Sorbonne.

A plenária de abertura pretende dar uma mensagem em relação à necessidade de ação rápida e soluções radicais para superar e reverter a contínua deterioração das tendências ambientais globais até 2030. O intuito é convocar especialistas internacionais para discutir o que aconteceu nos últimos 20 anos e propor uma nova visão para os próximos 30 anos.

Guillermo Peñalosa – Workshop Transformar Cidades através de Projetos de Espaços Públicos: Mobilidade Sustentável e Parques Urbanos – Potencialidades do caso belo-horizontino – Local: Prefeitura de Belo Horizonte, quinta-feira, 14/06, das 8h30 às 16h30/ Palestra Cidades para Pessoas - Local: Pavilhão do Parque Municipal, sexta-feira, dia 15, das 17h às 18h15 (avenida Afonso Pena, 1.377, Centro).

Guillermo Peñalosa, conhecido como Gil Peñalosa, é apaixonado por perceber o potencial de grandes lugares para apoiar as comunidades mais saudáveis com os moradores mais felizes. Como comissário de Parques, Esportes e Recreação da Cidade de Bogotá, capital da Colômbia, ele levou sua equipe a criar um dos parques mais bem sucedidos e renomados e sistemas de lazer do mundo. Esta palestra irá demonstrar como criar vibrantes cidades e comunidades saudáveis, onde os moradores viverão vidas mais felizes desfrutando grandes lugares públicos. A apresentação foca EcoMobility: caminhada, ciclismo e transporte público, bem como ruas, parques e outros espaços públicos como locais potencialmente grandes. Guillermo Peñalosa também participa hoje de um workshop no auditório da Prefeitura, de uma sessão especial no domingo, das 10h30 às 15h30, no Hotel Othon, e de uma plenária também no domingo, das 16h às 17h30, no Pavilhão do Parque.

Jeb Brugmann – Cidade Produtiva – Local: Pavilhão do Parque Municipal, domingo, dia 17, das 9h às 10h30 (avenida Afonso Pena, 1.377, Centro)
Consumir recursos de forma eficiente é necessário, mas não está longe o desafio da sustentabilidade global. Em um mundo sustentável, as cidades precisam cada vez mais produzir o que consomem. Jeb Brugmann, fundador do Iclei e renomado especialista urbano, apresenta como as cidades podem ser transformadas em cidades produtivas, com verdadeiras características ecológicas.

Jeb Brugmann pratica, lidera e pensa a estratégia e o processo de inovação. Por 25 anos ele tem concebido soluções para ajudar comunidades locais a acessar aos benefícios da globalização, além de ajudar as organizações globais a participar de comunidades e mercados locais. O seu trabalho incide particularmente sobre a importante contribuição da inovação ao nível micro da localidade, modelo de negócio, para alcançar os objetivos macro-estratégia. Como fundador e executivo-chefe das principais organizações internacionais e programas, como empreendedor social sem fins lucrativos e consultor de estratégia corporativa e urbana, tem trabalhado em 28 países.

Locais das atividades do Congresso

Prefeitura de Belo Horizonte – Avenida Afonso Pena, 1.212, Centro
Hotel Othon – Avenida Afonso Pena, 1.050, Centro
Sesc Palladium – Rua Rio de Janeiro, 1.046, Centro (com entrada pela avenida Augusto de Lima, 420)
Parque Municipal – Avenida Afonso Pena, 1.377, Centro
Universidade Federal de Minas Gerais – Avenida Antônio Carlos, 6.627, Pampulha


Este ano, os temas-chave do Congresso Mundial do ICLEI serão:

CIDADE SUSTENTÁVEL
Cidades ambiciosas lutam para tornarem-se verdadeiras “ecocidades,” “cidades verdes” ou “cidades sustentáveis”. O desempenho das cidades terá impacto sobre as condições de vida de mais de seis bilhões de habitantes até o ano de 2050, na economia global e na viabilidade dos ecossistemas globais. Quais abordagens para a governança da sustentabilidade, definição de políticas e gestão têm sido bem sucedidas?

CIDADES RESILIENTES
As cidades de baixo risco mostram baixa vulnerabilidade às mudanças climáticas, desastres naturais e industriais, e aos choques econômicos. Reconversões urbanas para resiliência, incluindo adaptação às mudanças climáticas e planejamento de redução do risco de desastres, serão fundamentais para facilitar as comunidades sustentáveis. A Iniciativa ICLEI Cidades Resilientes oferece uma plataforma para compartilhamento de conhecimentos, experiências, metodologia, planejamento e ferramentas.

CIDADE DE BAIXO CARBONO
As cidades de baixo-carbono, ou mesmo neutras, serão os indicadores para a sustentabilidade. Governos locais responsáveis estabelecem planos de ação sobre o clima e integram a redução das emissões de gases de efeito estufa, a eficiência energética e energias renováveis locais em seu planejamento e estruturas de investimento. A Iniciativa ICLEI GreenClimateCities oferece apoio abrangente a esse tipo de ação.

CIDADE BIODIVERSA
Planejamento e gestão local baseados no ecossistema são um componente essencial de uma cidade sustentável. Os benefícios múltiplos de bens e serviços baseados em ecossistemas sustentam a maioria das economias locais e proveem serviços sustentáveis essenciais e empregos verdes para as Prefeituras e suas comunidades.

CIDADE EFICIENTE NO USO DE RECURSOS
As cidades eficientes no uso de recursos irão ganhar uma vantagem competitiva em uma era de diminuição de recursos globais e crescentes populações mundiais e urbanas. Ganhos de eficiência da densidade urbana são reduzidos por bilhões de pessoas que adotam estilos de vida urbanos consumidores de recursos. As cidades precisam ir além de minimizar o uso dos recursos naturais e tornarem-se sistemas produtivos.

INFRAESTRUTURA URBANA INTELIGENTE
O desenvolvimento da cidade eco-eficiente, resiliente e de baixo carbono exige uma infraestrutura urbana inteligente, que por sua vez, depende de projetos de sistemas inteligentes. As cidades cada vez mais focam não somente em tecnologias individuais, como também em soluções de infraestrutura integradas, identificando possíveis ganhos de eficiência através de conexões, novos modelos operacionais, de negócios e financiamento.

ECONOMIA URBANA VERDE
A forma como produzimos, distribuímos e consumimos determinam a sustentabilidade da civilização humana. Economias urbanas verdes e inclusivas serão baseadas nos ciclos de vida de materiais (cradle to cradle) e com uma maior valorização do trabalho humano em relação ao uso intensivo de energia – e materiais - em produtos e serviços. Compras sustentáveis conduzirão o mercado verde, criarão empregos verdes, e apoiarão indústrias orientadas ao futuro.

COMUNIDADE FELIZ E SAUDÁVEL
As comunidades locais devem desfrutar de saúde, felicidade e uma boa qualidade de vida. Seja em uma base econômica modesta ou mais abastada, os governos locais devem promover a saúde comunitária, educação, inclusão social, cultura e boa governança.

 

Postado por Jorge Espeschit em 13/06/2012

Pontuação

Média: 0.0
Avalie
12345


0 Comentário para "Belo Horizonte recebe 'Rio+20 das cidades'"
Seja o primeiro!

Faça seu Comentário

*Todos os campos são obrigatorios













Desenvolvido por JeffBastos