BH em Debate
Você está em : Inicial > BH em Debate > Experiências Inovadoras

Experiências Inovadoras

China construirá cidade sem espaço para os carros



A China está construindo uma nova cidade ecológica e sustentável que pretende tornar-se um modelo para todo o país. 100% livre de automóveis, o centro urbano em construção destina-se a provar que é possível combinar uma elevada densidade populacional com o respeito pelo ambiente.

 

O projecto da “Great City”, como foi batizada esta cidade, foi desenvolvido pelo estúdio de arquitetura norte-americano Adrian Smith + Gordon Gill Architecture, contratado por uma empresa privada chinesa, avança o site WebUrbanist.

 

 

“Desenhamos este projeto como uma cidade vertical densa que reconhece e aceita a paisagem envolvente, uma cidade cujos residentes vivem em harmonia com a Natureza e não em desacordo com ela”, explica Gordon Gill, um dos arquitetos responsáveis pelo projeto.

 

“A ‘Great City’ demonstrará que a concentração populacional não tem de alienar as pessoas do ambiente”, acrescenta.

 

No entender de Adrian Smith, outro dos profissionais envolvidos, esta cidade vai demonstrar “como a China pode reduzir a sua pegada ecológica criando, ao mesmo tempo, melhores condições económicas para os seus cidadãos e tendo em consideração os problemas sociais contemporâneos”.

 

Dentro de oito anos, a construção deverá estar completa e a urbe “verde”, com apenas 1,3 quilómetros quadrados, vai servir de residência a cerca de 30.000 famílias.

 

Segundo os arquitectos, a distância de qualquer ponto da cidade – construída na vertical e que aposta nos arranha-céus como solução habitacional –  a outro ponto será de cerca de 15 minutos a pé.

 

 

Já um passeio até ao centro a partir de qualquer área da “Great City” não demorará mais de 10 minutos, o que vai incentivar a preferência pelas caminhadas em detrimento das viagens de carro.

 

Os automóveis deverão ser apenas a escolha de quem pretender fazer longas viagens depois de sair da cidade, servida com estradas somente para esse efeito.

 

De acordo com as previsões, a “Great City” deverá usar 48% menos energia e 58% menos água que uma cidade convencional com o mesmo número de habitantes, produzindo também 89% menos resíduos e gerando menos 60% de emissões de dióxido de carbono.

Postado por Jorge Espeschit em 01/03/2013

Pontuação

Média: 4.5
Avalie
12345


0 Comentário para "China construirá cidade sem espaço para os carros"
Seja o primeiro!

Faça seu Comentário

*Todos os campos são obrigatorios













Desenvolvido por JeffBastos