BH em Debate
Você está em : Inicial > BH em Debate > Experiências Inovadoras

Experiências Inovadoras

Aproveitamento de biogás em BH é apontado como boa prática internacional



O estudo de caso da Central de Aproveitamento Energético do Biogás de Belo Horizonte foi escolhido para figurar entre as sete boas práticas divulgadas pela Agência Internacional de Energias Renováveis Irena (International Renewable Energy Agency), que em colaboração com o Iclei – Governos Locais pela Sustentabilidade, produziu uma série de estudos de caso sobre as cidades onde os governos locais adotaram com sucesso medidas para promover a energia renovável e a sustentabilidade. 

A partir do convite da Irena ao Iclei para realizar a publicação “Waste to Energy”, feito após o congresso mundial da entidade, realizado em Belo Horizonte, em junho do ano passado, o Iclei iniciou uma pesquisa entre os membros sobre a produção de biogás a partir de resíduos sólidos. A experiência da Central de Aproveitamento Energético do Biogás de geração de energia por meio de resíduos sólidos de Belo Horizonte foi escolhida como um estudo de caso.

 



O estudo de caso trata do projeto de produção de biogás na Central de Tratamento dos Resíduos Sólidos da Superintendência de Limpeza Urbana (SLU), que é realizado pelo consórcio ASJA Brasil desde 2010, mas tem histórico de produção do biogás desde 1989. O Centro de Tratamento de Resíduos Sólidos (CTRS), localizado no bairro Jardim Filadélfia, foi transformado com sucesso em um centro de tratamento de resíduos depois de operar como um aterro sanitário convencional por 32 anos. 

“A Central de Aproveitamento Energético do Biogás reafirma a posição de destaque de Belo Horizonte no país tanto em termos tecnológicos quanto ambientais. A obra é pioneira em Minas. Belo Horizonte dá um exemplo para o mundo, gerando energia limpa, combatendo o efeito estufa e melhorando a qualidade ambiental”, afirmou o superintendente de Limpeza Urbana, Sidnei Bispo.

Segundo o Iclei, “a transformação do CTRS através de estágios diferentes de aterro oferece um excelente exemplo de como os governos da cidade e do setor privado podem cooperar para colher maiores benefícios da exploração dos resíduos como fonte de energia renovável, reduzindo a pegada de carbono da comunidade”.

Segundo a autora de “Waste to Energy”, Laura Oliveira de Medeiros, a ideia da publicação deste estudo é divulgar a política de Belo Horizonte e incentivar outras cidades a desenvolverem projetos de produção de biogás. “Belo Horizonte tem ganhado muito destaque no cenário internacional após a realização do Congresso Mundial do Iclei e a participação na Rio+20. Esta é mais uma iniciativa que fortalecerá o projeto BH Cidade Sustentável, realizada a partir de um convênio com o Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS)”, afirmou Rodrigo Perpétuo, secretário municipal adjunto de Relações Internacionais. 

O link para acesso do estudo é: 
www.irena.org/Publications/RE_Policy_Cities_CaseStudies

 

Iclei

O Congresso Mundial do Iclei, conhecido como o Rio+20 das cidades, reuniu na capital mineira, em junho de 2012, mais de 1.400 participantes de cerca de 80 países, entre prefeitos de diversos municípios, gestores públicos, especialistas e membros da comunidade acadêmica para trocar experiências e pensar o papel dos municípios no desenvolvimento sustentável do planeta.

 

CEBDS

O CEBDS é uma associação civil, sem fins lucrativos, fundada em 1997 para promover o desenvolvimento sustentável entre as empresas que atuam no Brasil. Reunindo os maiores grupos empresariais do país, o CEBDS é o representante no Brasil da rede do World Business Council for Sustainable Development (WBCSD), que conta com 69 conselhos nacionais e regionais em mais de 30 países para disseminar uma nova maneira de fazer negócios ao redor do mundo.

 

Postado por Jorge Espeschit em 20/03/2013

Pontuação

Média: 0.0
Avalie
12345


0 Comentário para "Aproveitamento de biogás em BH é apontado como boa prática internacional"
Seja o primeiro!

Faça seu Comentário

*Todos os campos são obrigatorios













Desenvolvido por JeffBastos