BH em Debate
Você está em : Inicial > BH em Debate > BH Cidade Parque

BH Cidade Parque

Jd. Zoológico da FZB-BH passa por reformas e se moderniza


Jd. Zoológico da FZB-BH passa por reformas e se moderniza

Dois conhecidos espaços de visitação do Jardim Zoológico da Fundação Zoo-Botânica de Belo Horizonte (avenida Otacílio Negrão de Lima, 8.000, Pampulha) estão passando por importantes reformas: o Borboletário e o recinto dos elefantes africanos. As obras estão sendo realizadas pela Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap), a um custo de R$ 333 mil, e têm prazo estimado de seis meses para a conclusão.

As intervenções no recinto dos elefantes contemplam a ampliação e a pintura da área de manejo, instalação de um brete (corredor para contenção e manejo dos animais), aperfeiçoamento dos sistemas elétrico, de coleta de água pluvial e destinação de efluentes do recinto e implantação de nove portões com sistema deslizante, aumentando a segurança do manejo para os servidores e os animais.

 



Segundo o diretor do Jardim Zoológico, o médico veterinário Carlyle Mendes Coelho, a reforma faz parte de um processo de revitalização de toda a Fundação Zoo-Botânica, mas particularmente do zoo, que foi inaugurado em 1959 e precisa ser adequado às práticas dos zoológicos modernos. “Além de modernizar o recinto, a reforma irá aumentar a eficiência e a segurança de nossas atividades, assim como o bem estar dos animais”, destaca.

Borboletário

As obras do Borboletário incluem, em uma primeira etapa, uma reforma completa no laboratório de criação e reprodução dos lepidópteros (borboletas e mariposas). No local estão sendo feitas a substituição do piso e do revestimento das paredes, a implantação de dois vestiários, melhoria das áreas de limpeza e de esterilização de material. O auditório do Borboletário também sofrerá algumas mudanças com a adaptação da rampa às novas normas de acessibilidade, além da instalação de um toldo para aumentar o conforto dos visitantes.

Já a reforma do viveiro de exposição das borboletas e visitação interna será realizada em uma segunda etapa, a ser iniciada até o final do ano. O destaque será a ampliação do viveiro das borboletas adultas, que passará de 100 m² para 250 m², e contará com modificação no paisagismo e no circuito de visitação. Outra melhoria será a ampliação da capacidade de visitação. Atualmente, o Borboletário da FZB-BH recebe cerca de 20 mil pessoas ao ano. Com a reforma, esse número deve aumentar para 60 mil visitantes.

De acordo com a bióloga responsável pelo Borboletário, Regina Celi Antunes Nobi, a reforma do laboratório irá possibilitar o aperfeiçoamento das condições sanitárias no local. “As obras vão aumentar a eficiência no manejo e reprodução das borboletas”, esclarece. Já a ampliação do viveiro de visitação irá possibilitar uma diversificação das espécies. “A proposta é a implantação de novos microclimas (temperatura, umidade, etc.), possibilitando a criação de um número maior de espécies de borboletas e de mariposas, aumentando a diversidade do borboletário”, completa.

O Borboletário da FZB-BH, inaugurado em 1996, foi primeiro aberto ao público no Brasil. Inicialmente contava apenas com o viveiro e o laboratório. Posteriormente foram construídos um auditório (em 2000), com capacidade para 20 pessoas, e um horto, localizado fora da área de visitação (local onde se produzem as plantas que alimentam as lagartas). Atualmente, o Borboletário tem uma média mensal de dez espécies de borboletas (com um total de cerca de 500 indivíduos).

Serviço

A Fundação Zoo-Botânica de Belo Horizonte (Jardim Zoológico e Jardim Botânico) está aberta para visitação pública de terça-feira a domingo, das 8h30 às 16h. Nas terças-feiras e no primeiro sábado de cada mês, a entrada do visitante (pedestre) na Zoo-Botânica é gratuita. Caso ocorra feriado no primeiro sábado do mês ou na terça-feira, a gratuidade será suspensa e ocorrerá no sábado ou terça-feira seguintes, respectivamente. Nas demais terças-feiras e de quarta-feira a sábado são cobrados R$ 2 por visitante, e, aos domingos e feriados, o ingresso custa R$ 4 por visitante.

A taxa de entrada dos veículos (com capacidade máxima de nove passageiros) é cobrada todos os dias (R$ 5 de terça a sábado e R$ 7 aos domingos e feriados), com a exceção dos ônibus de escolas públicas, de entidades de assistência social e de filantropia. Os veículos com capacidade acima de nove passageiros, micro-ônibus, ônibus de escolas particulares e de turismo têm valores específicos, conforme decreto municipal 13.864, de 1º de fevereiro de 2010. A visitação ao Borboletário está temporariamente interrompida devido às obras no local.

Postado por Jorge Espeschit em 09/07/2013

Pontuação

Média: 0.0
Avalie
12345


0 Comentário para "Jd. Zoológico da FZB-BH passa por reformas e se moderniza"
Seja o primeiro!

Faça seu Comentário

*Todos os campos são obrigatorios













Desenvolvido por JeffBastos