BH em Debate
Você está em : Inicial > BH em Debate > Educação

Educação

BH inaugura primeira escola construída por meio de uma PPP no Brasil



A Prefeitura de Belo Horizonte, em parceria com a Inova BH, empresa da Odebrecht Properties, inaugurou no dia 21 de setembro, a Unidade Municipal de Educação Infantil (Umei) Belmonte, a primeira do Brasil construída por meio de uma Parceria Público-Privada (PPP). A nova unidade fica na rua Dom Silvério Gomes Pimenta, 375, no bairro Belmonte, na região Nordeste da capital, e tem capacidade para receber 440 crianças de até 6 anos. A instituição de ensino tem 1.100 m² de área construída, dois pavimentos, 20 salas de aula, berçário, refeitório e áreas de serviço. Além da Umei Belmonte, outras quatro unidades construídas por meio de PPP serão entregues até o fim de 2013.

 

O pioneirismo da iniciativa fez com que a Prefeitura fosse selecionada como finalista regional da América Latina do prêmio Financial Times/Citi Ingenuity Awards 2013. Além disso, a PPP da Educação de Belo Horizonte foi relacionada pela publicação Infrastructure 100 como um dos cem projetos de infraestrutura urbana mais inovadores do mundo. “A Umei Belmonte é exemplo de uma ação inovadora e resultado de uma parceria inédita no Brasil. Com esse novo modelo, podemos atender de forma mais rápida as demandas na área da educação, oferecendo mais escolas em menos tempo e com um alto padrão de qualidade”, comentou o prefeito Marcio Lacerda, ao destacar que até o final de 2016 as vagas da educação infantil passarão de 49 mil para 83 mil.

 

A PPP foi firmada para a construção e operação de serviços não pedagógicos e a Inova BH, durante 20 anos, será responsável por serviços como manutenção das instalações elétricas e hidráulicas, segurança e limpeza, além dos cuidados com a sustentabilidade ambiental e o mobiliário. Até 2014, por meio de PPPs, a PBH vai entregar 37 unidades para a Rede Municipal de Ensino, sendo 32 Umeis e cinco Escolas Municipais de Ensino Fundamental (Emefs). Com investimento de R$ 190 milhões, as 37 escolas beneficiarão 20 mil alunos em todas as regiões de Belo Horizonte.

 

 

Inovação

 

Secretário regional Nordeste, Geraldo Magela salientou que a Umei Belmonte é uma reivindicação antiga dos moradores da região. “Damos mais um passo com a implantação inédita dessa unidade de ensino. É gratificante ver a felicidade dos moradores que terão a oportunidade de desfrutar dessa escola”, frisou. A secretária municipal de Educação, Sueli Baliza, destacou que a entrega da Umei Belmonte representa um significativo aumento no número de vagas e um avanço para a universalização do ensino infantil para crianças de 4 e 5 anos até 2016.

 

Para o secretário municipal de Desenvolvimento, Custódio Mattos, a construção de escolas por meio de Parcerias Público-Privadas é um exemplo para todo o país. “A PPP é inovadora em sua proposta de construir, pela primeira vez no Brasil, 37 escolas em um curto prazo e com muita qualidade. É uma excelente maneira de resolver o dilema da carência de recursos e a necessidade de vagas para a educação infantil”, salientou.

 

Parceria Público-Privada

 

A PPP foi desenvolvida pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio das secretarias municipais de Desenvolvimento e de Educação. O contrato foi assinado em julho de 2012 e a iniciativa, inédita no Brasil, justificou a seleção da PBH como finalista do prêmio Financial Times/Citi Ingenuity Awards. O projeto será apresentado a empresários, líderes de governos locais, acadêmicos e formadores de opinião da região, no dia 10 de outubro, na Cidade do Panamá.

 

O prêmio, desenvolvido pelo Financial Times e pelo Citigroup, em colaboração com o Instituto Européen d'Administration des Affaires (Insead), tem como objetivo descobrir e promover as ideias, invenções e inovações mais engenhosas que ajudam cidades a estabelecer centros de criatividade e progresso. Com foco na criatividade, o prêmio surgiu pela preocupação com o crescente número de pessoas que vivem em áreas urbanas e pela necessidade de buscar soluções para os grandes centros.

 

Sistema construtivo da Umei

 

A construção das unidades baseia-se na metodologia Light Steel Frame, amplamente utilizada em outros países, mas ainda recente no Brasil, tendo o aço galvanizado como principal elemento estrutural. Com esse sistema construtivo, a obra tem baixo índice de desperdício de materiais e de geração de resíduos, mais rapidez na construção, alto nível de segurança e a mesma qualidade de acabamento e conforto. Outra vantagem do método é a facilidade de instalação e manutenção das redes elétricas e hidráulicas, a possibilidade de uso de materiais renováveis e maior eficiência energética.

Postado por Jorge Espeschit em 25/09/2013

Pontuação

Média: 0.0
Avalie
12345


0 Comentário para "BH inaugura primeira escola construída por meio de uma PPP no Brasil"
Seja o primeiro!

Faça seu Comentário

*Todos os campos são obrigatorios













Desenvolvido por JeffBastos