BH em Debate
Você está em : Inicial > BH em Debate > Participação Cidadã

Participação Cidadã

Adoção de Bicicletário valoriza “Parceiros da Natureza”


Adoção de Bicicletário valoriza “Parceiros da Natureza”

O programa Parceiros da Natureza, lançado pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Fundação Zoo-Botânica de Belo Horizonte – FZB-BH (avenida Otacílio Negrão de Lima, 8.000, na Pampulha), já está dando os primeiros frutos: a adoção do Bicicletário do Parque Ecológico da Pampulha (avenida Otacílio Negrão de Lima, 7.111, Pampulha) pela Kibon, marca da Unilever, que neste convênio é representada pela Cross Networking Assessoria de Negócios.

O convênio estabeleceu a doação de 60 bicicletas, 40 capacetes, 100 calotas, 80 cestinhas, 60 placas de numeração, 20 placas para quadro da bicicleta aro 16, 2 banneres em lona e manutenção de 80 bicicletas (sendo 20 já pertencentes ao próprio parque), com manutenção a cada 14 dias e fornecimento de peças, conforme necessidade.

A proposta do Parceiros da Natureza é possibilitar parcerias entre a Fundação e entidades públicas ou privadas, nacionais, estrangeiras ou internacionais com o objetivo de preservar e reformar recintos dos animais, jardins, estufas, tanques do Aquário e demais equipamentos da instituição. Além disso, os parceiros do programa têm a possibilidade de usufruir do exercício da cidadania e das boas práticas ambientais, uma vez que como futuros “agentes da natureza” terão o compromisso solidário de ajudar na promoção de eventos, programas e materiais educativos. Ainda no primeiro semestre de 2014, a FZB-BH pretende colocar para adoção, por meio de chamamento público, a casa de répteis, a sinalização educativa e interpretativa de seus espaços e equipamentos, entre outros.

De acordo com o presidente da Fundação Zoo-Botânica, Jorge Espeschit, a implantação do programa tende a valorizar ainda mais as iniciativas de conservação já desenvolvidas pela instituição. “Acredito que o Parceiros da Natureza se consolide como um mecanismo de aprimoramento de atividades e de projetos ambientais uma vez que o cuidado dos parceiros com os espaços e atrativos da Fundação passam a ser compartilhados de modo responsável pela sociedade”.

\"\"\"\"\"\"


Bicicleta para Todos

Desde que foi inaugurado em 2004, o Parque Ecológico da Pampulha é tido como um dos principais espaços de lazer gratuito na capital mineira. Uma de suas grandes atrações é o projeto Bicicleta para Todos. Com a apresentação de um documento de identidade, qualquer pessoa maior de 18 anos pode pegar uma bicicleta, que permanece sob seu cuidado por 30 minutos. O equipamento é recomendável para crianças a partir de 4 anos.

Considerando que o Parque Ecológico da Pampulha recebe mais de 400 mil visitantes, o Bicicleta para Todos pretende estimular nos visitantes do parque o interesse por questões como educação ambiental, educação patrimonial e educação para o trânsito.

O projeto foi inspirado no "Plano das bicicletas brancas" que surgiu em Amsterdã em 1968. Bicicletas brancas eram distribuídas pela cidade para que qualquer cidadão as utilizasse para se locomover. Os ciclistas as deixavam em seu local de destino para que uma próxima pessoa pudesse usá-las. A cor branca demonstrava que a bicicleta era coletiva.

Desde que foi implantado, o Bicicletas para Todos atendeu mais de 135 mil pessoas que visitaram o Parque Ecológico. Com a adoção dos novos equipamentos, a tendência é que esse número aumente significativamente. Somente em 2013 foram mais de 24 mil pessoas beneficiadas pelo projeto.

Postado por Jorge Espeschit em 13/04/2014

Pontuação

Média: 5.0
Avalie
12345


4 Comentários para "Adoção de Bicicletário valoriza “Parceiros da Natureza” "

  1. Nelson Dantas 24/04/2014

    Cidades privadas, olhar egoista. Vai pedir para a Unilever patrocinar bicicletário nas outras 850 cidades mineiras que não andam!

  2. MARIA CRISTINA GUIMARÃES PIMENTEL 16/04/2014

    FAntástico!. Nem dá pra acreditar que é verdade.

  3. Cecilia Ladeira 16/04/2014

    Iniciativa muito boa.O problema é que o parque só abre fim de srmana e feriado. Devia ser diário.

  4. Cecilia Ladeira 16/04/2014

    Iniciativa muito boa.O problema é que o parque só abre fim de srmana e feriado. Devia ser diário.

Faça seu Comentário

*Todos os campos são obrigatorios













Desenvolvido por JeffBastos