BH em Debate
Você está em : Inicial > BH em Debate > Vocações

Vocações

Campus Cetec: aporte de R$ 300 milhões



O Centro de Inovações e Tecnologia Senai/Fiemg - Campus Cetec, instalado na região Leste de Belo Horizonte, deve receber investimentos de R$ 300 milhões ao longo dos próximos quatro anos. O montante destina-se à modernização dos laboratórios, expansão e aquisição de equipamentos. Com isso, Minas Gerais dá mais um passo para diversificar a economia, muito centrada em commodities, e aproximar o mercado do conhecimento produzido dentro das instituições de ensino.


"O campus tem empresas e não apenas ciência e tecnologia. Trata-se de algo totalmente novo no país. O conhecimento precisa ter valor para a sociedade", define o diretor-executivo José Policarpo Gonçalves, acrescentando que já está em negociação uma área anexa de 13 mil metros quadrados, que deve ser utilizada em um futuro projeto de ampliação.



Atualmente, estão instalados no Centro cinco Institutos de Tecnologia - Alimentos e Bebidas, Metalmecânica, Automotiva, Ambiental e Química - e outros quatro Institutos de Inovação - Processamento Mineral, Engenharia de Superfícies, Metalurgia e Ligas Especiais, além das empresas Embraer, Biominas e Csem. Segundo Gonçalves, outras companhias, como Vale, CBMM, Petrobras, Vallourec e ArcelorMittal também já demonstram interesse em desenvolver novas pesquisas no local.


Estão instalados no Centro cinco Institutos de Tecnologia, quatro de Inovação, além da Embraer, Biominas e Csem

 

O processo de reestruturação do Centro conta com a parceria do Instituto Fraunhofer, sediado na Alemanha, com a consultoria do Massachusetts Technology Institute (MIT) e do Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA).


Biotecnologia


A Biominas é uma fundação privada, sem fins lucrativos, que pretende incentivar o desenvolvimento de empresas e negócios em biotecnologia dentro de Minas Gerais. Ela está dividida em quatro áreas de negócios: consultoria, relações com o mercado, incubação de empresas e investidores.


A empresa ocupa uma área de 10 mil metros quadrados dentro do Centro, sendo 3 mil metros quadrados de área construída. Ela abriga 14 empresas residentes e outras 27 graduadas, que juntas já geraram faturamento estimado em R$ 867 milhões. Conforme o presidente da empresa, Eduardo Emrich, a Biominas pretende investir R$ 10 milhões em um projeto de expansão, que vai praticamente dobrar a atual capacidade.


A Csem começou a funcionar em abril também com o objetivo de criar uma ponte entre ciência e indústria, sobretudo no que se refere à nanotecnologia, engenharia de sistemas, tecnologias de informação e telecomunicação. Ela emprega 40 profissionais, de 12 nacionalidades distintas. Já a Embraer mantém 120 profissionais, entre pesquisadores e engenheiros, desenvolvendo novos estudos no local. A expectativa é de que mais 100 sejam contratados no próximo ano.


Nádia de Assis - Diário do Comércio

 

Postado por Jorge Espeschit em 14/07/2014

Pontuação

Média: 5.0
Avalie
12345


0 Comentário para "Campus Cetec: aporte de R$ 300 milhões"
Seja o primeiro!

Faça seu Comentário

*Todos os campos são obrigatorios













Desenvolvido por JeffBastos