BH em Debate
Você está em : Inicial > BH em Debate > Conservação da Biodiversidade

Conservação da Biodiversidade

Recintos do Zoológico de BH serão revitalizados


Recintos do Zoológico de BH serão revitalizados

O prefeito Marcio Lacerda assinou a Ordem de Serviço para o início das obras no Jardim Zoológico da Fundação Zoo-Botânica de Belo Horizonte (Avenida Otacílio Negrão de Lima, 8.000, Pampulha). Com supervisão da Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap), serão realizadas reformas na Praça de Mamíferos Brasileiros (antiga Praça Nacional) e na Praça das Aves e a segunda parte das obras de revitalização do Borboletário.

 

Estes locais abrigam uma significativa parte do acervo do Jardim Zoológico e têm grande circulação de visitantes. Ao todo, deve ser investido cerca de R$ 1,17 milhão e a conclusão das obras, que foram autorizadas pelo Ibama e licenciadas pela Secretaria do Meio Ambiente por meio do Conselho Municipal do Meio Ambiente, tem previsão para ocorrer em seis meses.Conheça mais sobre os espaços e as reformas que serão realizadas:

 

Praça de Mamíferos Brasileiros

 

A Praça de Mamíferos Brasileiros tem 18 recintos, que ocupam uma área de 8.949 m². As obras de reforma deverão acontecer em duas etapas. O destaque desta primeira etapa será a implantação de um recinto misto, que deverá contar com mais de 2.600 m², possibilitando a coexistência de animais do bioma Cerrado, de diferentes espécies, como tamanduás, catitus, veados, antas, cutias, pacas e capivaras. Neste sentido, haverá uma exibição mais interessante e instrutiva das espécies, proporcionando ao público uma melhor visualização de comportamentos específicos de cada espécie.A reforma irá proporcionar mais locais de sombra, abrigo e bem estar para os animais por meio da instalação de quiosques, da construção de piscinas e da execução de um novo projeto paisagístico. Além disso, neste grande recinto, o público poderá observar os animais sem a interferência de telas de alambrado, já que o projeto de reforma prevê a construção de taludes como barreira de segurança entre o público e os animais. Os demais recintos contarão com diversas melhorias, como substituição de telas, revitalização de paredes, de muros e de piscinas.

 

Praça das Aves

 

Sua estrutura física compreende 52 recintos, inaugurados em 1978, e abriga cerca de 70 espécies nacionais e exóticas, muitas delas ameaçadas de extinção. As obras ocorrerão também em duas etapas. Nesta primeira será feita uma reforma estrutural dos 42 recintos da área central da praça. Estão previstas também a remoção dos lagos existentes e a construção de novos, a construção de banheiros e vestiários masculino e feminino, a retirada dos ninhos de madeira fixados na parede, a melhoria do sistema de ventilação e a readequação geral das redes de esgoto e hidráulica existentes. Ainda nesta primeira fase haverá ampliação de alguns recintos, substituição de telas, rebaixamento e reconstrução de piso, revitalização de paredes internas e externas e pintura de todos os recintos.

 

Borboletário

 

Inaugurado em 1996, o Borboletário foi primeiro aberto ao público no Brasil. Inicialmente contava apenas com o viveiro e o laboratório. Posteriormente, foi construído um auditório, com capacidade para 20 pessoas, e um horto, localizado fora da área de visitação (local onde se produzem as plantas que alimentam as lagartas).

No primeiro semestre de 2014, o local passou por uma reforma completa no laboratório de criação e reprodução dos lepidópteros (borboletas e mariposas). Foram substituídos o piso e o revestimento das paredes, implantados dois vestiários, e a área de limpeza e de esterilização de material passaram por melhorias. O auditório também sofreu mudanças, com a adaptação da rampa às novas normas de acessibilidade, além da instalação de um toldo para aumentar o conforto dos visitantes.

Nesta segunda etapa, o viveiro de exposição das borboletas será reformado. O destaque será a ampliação do viveiro das borboletas adultas, que deverá passar de 100 m² para 250 m², e contará com modificação no paisagismo e no circuito de visitação. Além da diversificação das espécies, a capacidade de visitação será ampliada. Com a reforma o Borboletário pretende triplicar o número de visitantes.

 

Postado por Jorge Espeschit em 02/02/2015

Pontuação

Média: 5.0
Avalie
12345


0 Comentário para "Recintos do Zoológico de BH serão revitalizados"
Seja o primeiro!

Faça seu Comentário

*Todos os campos são obrigatorios













Desenvolvido por JeffBastos