BH em Debate
Últimos Posts

Eles todos são uns cretinos

Manifesto convivialista: Declaração de interdependência

John Holloway: “Nossa força depende da capacidade de dizermos não”

GALO FORTE botões vingadores

Sobre Gandhi e sua política de não violência

Sociedade de consumo banaliza conceito de felicidade

O que é necessário para um mundo melhor?

BOAS FESTAS

Como construir uma nova sociedade da abundância

DEUS, ... segundo SPINOZA (1632-77)

HORA DO PLANETA

Fear the Boom and Bust

O Homem que Plantava Árvores

Cidades para Pessoas

Corujinha

O tempo em que podemos mudar o mundo

A difícil passagem do tecnozóico ao ecozóico

Idéias para um futuro melhor

Que filhos deixaremos para o planeta?

A lógica da Vida


Ver Todas Envie um Artigo
Você está em : Inicial > BH em Debate > Humanismo

Humanismo

O que fazer para tratar o ser humano como valor máximo, acima do dinheiro, do Estado, da religião, dos modelos e dos sistemas sociais? Como impulsionar a liberdade de pensamento, para além dos limites impostos pelos preconceitos estabelecidos em cada época como verdades absolutas? De que maneira promover a igualdade de direitos e de oportunidades para todos os seres humanos?

Como dar prioridade à saúde, à educação e ao meio ambiente de todos os habitantes de Belo Horizonte, de Minas, do Brasil e do mundo? O que fazer para reconhecer e alentar a diversidade de costumes e culturas? Como opor-se a todas as formas de discriminação? Como consagrar a resistência justa contra todas as formas de violência física, econômica, racial, religiosa, sexual, psicológica e moral? De que forma construir um planeta livre, justo e solidário, unido na diversidade?

 

Eles todos são uns cretinos

DENIS R. BURGIERMAN para a NEXO   Não adianta disfarçar: eu sei muito bem que este título aqui em cima produziu em você pelo menos um pouco de satisfação.   As coisas vão mal, como sabemos. E, quando as coisas vão mal, não existe...

leia Mais

Manifesto convivialista: Declaração de interdependência

As ideias expressas neste manifesto não são propriedade de ninguém. Elas terão seu destino reservado pelos leitores, desejem eles enriquecê-las ou contestá-las. De imediato, aqueles que quiserem testemunhar sua adesão ao essencial deste manifesto e manter-se...

leia Mais


Desenvolvido por JeffBastos