BH em Debate
Você está em : Inicial > Depoimentos

Depoimentos

Nestor Santiago Santos

Belo Horizonte - Advogado

Carta a todos que sonharam comigo um futuro melhor para Belo Horizonte.

Primeiramente, quero dizer a todos que em nenhum momento fiquei triste ou frustrado com o resultado da votação do Jorge Espeschit. Pelo contrário, tenho mil razões para celebrar e por isso, se me permitem, quero mandar um recado a todos os amigos que se juntaram a nós nesse projeto, que acreditaram, torceram e acompanharam todo o nosso esforço.
Quero dizer que o resultado da eleição, longe de me deixar frustrado, me emocionou e muito. Sabe, há um bom tempo estou afastado da militância político-partidária, embora sempre me mantenha muitíssimo antenado com a política nacional. Assim, voltar a militar por uma causa que considero nobilíssima – causa humanista e ambientalista – me encheu de alegria, prazer e emoção. Inevitavelmente tive que fazer uma analogia entre o jeito de militar atual e aquele nosso jeito de poucos anos atrás. Refiro- me aos anos 80.
Naquele tempo havia um fantástico engajamento e uma enorme participação voluntária das pessoas no processo político de Belo Horizonte, Minas e Brasil. Mobilizar pessoas não era tão difícil como hoje. Essa foi a primeira lição que aprendi.
Hoje, por mais nobre que seja a causa, ainda assim é preciso um esforço hercúleo para conseguir fazer com que as pessoas deixem um pouco de lado a sua própria vida e venham lutar por uma causa mais ampla, e que é de todos.
Por outro lado, pude perceber, também, durante esse um ano e meio de trabalho, a falta que tá fazendo às pessoas, um sonho, um objetivo, um ideal. A falta que faz sonhar junto, aquelas utopias que a gente discutia nos botecos do edifício Maletta, onde, mesmo se você fosse de uma tendência ideológica diferente, juntava-se ao grupo para discussões acaloradas, regadas a muita cerveja gelada e noites inesquecíveis.
Agora é diferente. O nicho onde Jorge foi buscar seus 1675 votos, é um ambiente de gente esclarecida e que estuda, pesquisa e valoriza seu voto. Sim, são 1675 votos conscientes. Essa é mais uma constatação a que também pude chegar durante o pleito.
Durante a campanha o Jorge fez uma observação muito interessante sobre a maneira como atualmente determinados candidatos, compram votos e se elegem vereador. Segundo ele, uma vez que a legislação tem sido cada dia mais rigorosa com a compra explícita de votos, aqueles que detém poder econômico, simplesmente usam e abusam da contratação temporária e remunerada de um grande contingente de pessoas que vão para as ruas portando bandeiras, distribuindo santinhos etc. Essa é a maneira moderna e indireta de comprar o voto. Em outras palavras, o candidato que detém uma boa condição financeira, simplesmente paga para que outras pessoas garimpem votos para ele. Na verdade ele está pagando pelos votos que obtém. E paga caro. Por isso, não raro são os candidatos mais votados.
E a pergunta que fica é: há legitimidade nesse mandato? Temos que refletir.
Mas no nosso caso, e é isso que interessa nesse momento, nossos 1675 votos são como 1675 procurações que nos foram outorgadas. São votos espontâneos, livres, legítimos, pensados, amadurecidos, que vieram de uma certeza, de uma confiança na nossa proposta, no nosso trabalho. São 1675 votos de esperança numa BH humana e justa que nos foram dados em confiança.
Como então poderia eu me sentir frustrado nesse momento? Pelo contrário, estou orgulhoso e feliz com tudo o que se passou nessa campanha. Só temos a agradecer a todos aqueles que depositaram sua confiança nesse nosso projeto. As manifestações de apoio que recebemos durante toda a campanha foram tão calorosas e sinceras, que a nós ficou a certeza de que, mais do que nunca, precisamos continuar nossa luta, afinal temos 1675 bons motivos para seguir em frente.
A todos que, direta, ou indiretamente estiveram ao nosso lado, muito obrigado. Ao Jorge, todo meu respeito e admiração.
Salve Jorge!

 

< Voltar

 


Desenvolvido por JeffBastos