fbpx

Flores de cerejeiras embelezam o Jardim Japonês no Zoo de BH

Quem visitar o Jardim Japonês da Fundação Zoo-Botânica (FZB-BH) nos próximos dias terá a oportunidade de conhecer a delicadeza das flores de cerejeira. Plantadas no entorno do jardim e também em lugares estratégicos, como próximo à cascata ou a poucos passos da Casa de Chá, as cerejeiras, da espécie Prunus serrulata, dão encanto a esse pedacinho do país nipônico na região da Pampulha.

Ainda que sem toda a exuberância que podem alcançar, as mudas do Jardim Japonês já revelam o porquê de a planta ser conhecida como o símbolo da beleza feminina expressada pelo amor, felicidade, renovação e esperança.

Por terem uma duração fugaz, as flores dessa espécie são comparadas à própria vida, que oferece uma lição a todos nós para que possamos aproveitá-la ao máximo, em cada um de seus momentos.

O Jardim Japonês da FZB-BH é um espaço contemplativo que busca integrar o ser humano ao mundo natural. Nele as composições arquitetônica, paisagística, artística e religiosa se somam. Ao conhecê-lo, é possível perceber e aprender um pouco mais sobre uma cultura milenar que preza a beleza, a harmonia e uma relação próxima com a natureza e o universo.

 

 

FUNCIONAMENTO:

 

Terça-feira (exceto feriado): 9h às 12h e 13h30 às 16h30 – apenas atividades agendadas pelo e-mail: agendamentofzb@pbh.gov.br

Quarta-feira a domingo e feriado: 9h às 12h e 13h30 às 16h30 – atendimento por ordem de chegada.

 

AVALIE ESTE POST

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *